Desvendado: Como pagar menos Imposto de Renda!

Comentários · 390 Visualizações

Se você chegou até esse artigo, é bom se ajeitar na cadeira e prestar muita atenção no que vamos ensinar por aqui. Definitivamente, a dica que o Guia da Sardinha apresenta hoje, pode ser um verdadeiro divisor de águas para que você efetivamente comece a ganhar dinheiro investindo em

Se você também é daqueles investidores que não se conforma com a "mordida" do leão sobre os seus investimentos, queremos te dizer que existe uma forma de driblar legalmente o leão!

 

Não é nenhuma fórmula mágica, mas uma simples sacada que muitos ainda não conhecem e que certamente fará toda a diferença para os seus investimentos, a utilização dos prejuízos da sua carteira para abater ganhos e reduzir o IR.

 

Essa prática, por sinal está amparada no conceito de elisão fiscal, que no mundo dos negócios representa um conjunto de técnicas legais que permitem o pagamento de impostos menores.

Utilizando os prejuízos para diminuir a fome do leão!

Todo investidor que aplica seus recursos em ações sabe que na Bolsa de Valores toda vez que uma venda ou um conjunto de vendas dentro de um mesmo mês alcança R$ 20 mil, gerando lucros, o famoso IR - Imposto de Renda, precisa ser calculado e pago por meio de uma guia DARF. Já temos um artigo sobre isso, se ainda não leu, clique aqui.

 

No entanto, o que muita gente não sabe é que é possível abater prejuízos presentes na carteira antes do cálculo do Imposto devido. Uma técnica, que por sinal é muito utilizada por grandes investidores e traders e que agora você também poderá aplicar!

 

Como funciona? Vamos utilizar um exemplo prático e hipotético para facilitar o entendimento.

 

Supondo que em determinado mês você tenha R$ 10 mil em lucro vendendo ações. Logo, seu imposto a pagar seria calculado da seguinte forma: R$ 10.000 x 15% = R$ 1.500,00.

 

Agora, pense que no mesmo mês, você tem um ou mais papéis que estejam desvalorizados em relação ao preço que você comprou, gerando assim um prejuízo na sua carteira. Vamos imaginar um prejuízo na carteira de R$ 5 mil.

 

Agora, tudo o que você precisa fazer é avaliar se não seria interessante vender essas ações que estão em baixa, pois com a venda delas, você poderia subtrair o prejuízo do lucro acumulado. Sendo assim, seu lucro passaria a ser de R$ 5.000,00 e consequentemente o valor do IR cairia pela metade!

 

Vale destacar que em alguns casos, os investidores conseguem até mesmo zerar o imposto de renda a pagar, minimizando prejuízos e ao mesmo tempo maximizando seus ganhos.

 

Interessante essa técnica não é mesmo? Mas, você ainda pode aprimorá-la um pouco mais!

 

Para realmente não sair no prejuízo, caso você entenda que as ações que até então estavam gerando prejuízo, podem gerar lucro no futuro, venda-as no dia 31 do mês em questão e faça a sua recompra logo no dia e mês seguinte!

 

Gostou da nossa dica? Quer aprender ainda mais sobre investimentos e o mercado financeiro em geral? Então, salve nossa página nos favoritos e continue acompanhando o Guia da Sardinha!

 

Até a próxima!

Comentários